Saavedra Valentim

Manifestações da alma

Textos

A Você!

 
De Deus és uma das mais belas expressões. Inigualável beleza!
De suavidade semblante, quando sorris emanas uma luz tão brilhante,
Que nos ofusca a visão e os sentidos; eu, embora relutante,
Te reverenciando me surpreendo, como a uma santa, divina realeza!

Teus olhos, de uma doçura imensa, nem as esmeraldas, ao seu verde igualam,
Teus lábios, delicados, tímidos, causam-me irresistível tentação em beijá-los;
Teus seios, seus contornos nos sugerem torpes desejos, provocam-me a acariciá-los.
Teus mamilos, imagino-os rosados, rijos, desejosos, meus infames instintos se calam.

De contorno escultural, igual, nem mesmo Michelangelo, conseguiria modelar;
Tuas pernas, bem torneadas, de proporções tão exatas, que superam a perfeição.
Teus pés, quão belos eles são! Seu pisar macio, elegante, quando toca o chão.
És enfim, de todas as fêmeas humanas, dentre as mais belas, o mais lindo exemplar.


Música: A você - de ataulpho Alves - Intérprete: Carlos Galhardo
Saavedra Valentim
Enviado por Saavedra Valentim em 04/04/2008
Alterado em 07/03/2015

Música: Carlos Galhardo - A você (1936) - YouTube - Compositores Ataulpho Alves

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras